Seja bem-vindo !!!

Seja bem-vindo !!!

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Prece à Mãe Divina


                              
                                   Divina Mãe

Que  eu possa ter raízes em Teu luminoso coração;
Que minha mente  e  minha alma  voem em Tua  vastidão ;
Que as minhas palavras  e ações  emanem a Tua  paz ;
Que o Teu amor  seja o centro das minhas  escolhas   e de todas  as minhas relações.

                                   Divina Mãe 

Coloque os seus braços de compaixão ao meu redor  e me conduza  pelo caminho de volta  a você;
E que ao receber Suas graças  eu me torne  disponível para servir  ao amor ;
Pelo benefício  de todos os Seres .

Que  assim seja !

segunda-feira, 25 de abril de 2016

COMO TRAÇAR O PENTAGRAMA NO AR COM A PONTA DOS DEDOS

Sabemos que através das pontas dos dedos tanto recebemos como transmitimos energia. 


Se traçarmos um pentagrama no ar com os dedos estaremos criando um magnífico selo de defesa.







Sinal de Proteção



                                  Sinal de Proteção

Trata-se de um dos símbolos pagãos mais utilizados na magia cerimonial coordenados pelo espírito, sendo considerado um talismã muito eficiente.

O pentagrama é conhecido também como o símbolo do infinito, para os bruxos e bruxas.

O pentagrama é uma estrela de cinco pontas, dentro de um círculo, é o símbolo da religião Wicca.

Assim como a cruz é para o cristianismo e o hexagrama é para os judaísmo, o pentagrama é para os wiccanos e assim como o sinal da cruz cristã, fazemos o sinal do pentagrama.

Cada ponta da estrela do pentagrama representa um dos cinco elementos da Natureza: Ar, Fogo, Água, Terra e Akasha (espírito).

Em Wicca, seus adeptos crêem que tudo foi criado a partir dos cinco elementos e por este motivo, no treinamento para o sacerdócio wiccano, o domínio dos elementos é visto como o primeiro ato para a iniciação.

Também representa o corpo humano, com os 4 membros e a cabeça; sendo assim conhecido como “estrela do microcosmo” (pequeno universo), que simboliza o(a) mago(a) dominando o espírito sobre a matéria, inteligência sobre instintos, mente sobre o corpo.

Agora, aprenda a fazer o “sinal de proteção” do pentagrama:

Com a mão direita; feche a mão e solte somente o dedo indicador e o dedo maior, deixando-os unidos. Formará um revolver sem o gatilho! Ou o sinal de paz e amor com os dedos fechados!

Coloque as pontas dos dedos na coxa esquerda, suba a mão até sua testa, desça a mão até a coxa direita, agora suba até o ombro esquerdo, vá para o ombro direito e feche o círculo na coxa esquerda.

Pronto, observe que você fez o pentagrama em seu corpo, e se desejar, pode fazer menor e mais discreto.

Esta é uma forma de proteção muito forte para as bruxas e bruxos.


(Wiccans)

sábado, 16 de abril de 2016

Oração de Devoção à Deusa


Oração de Devoção à Deusa

“Por dentro e por fora a Deusa está em mim…

Eu sou da Deusa para toda ação do bem,

Debaixo de mim surge Sua energia de toda a terra;

Sendo minha fundação e minha casa,

Por cima ela me derrama Sua luz do Sol e da Lua 
encantadora.

Em minha mão direita recebo a força,

Para controlar e dirigir minha magia,

Escondida no fundo de minha alma.

Em minha mão esquerda recebo as habilidades,

De sua energia divina para curar e ajudar,

Com a sabedoria do tempo.

Para mim, é a fonte da bênção.

Assim será e nunca acabará.”

Prece das Bruxas como devoção à Deusa que pode ser feita antes de acender uma vela ou incenso, ou mesmo no início de um ritual de magia.

autoria desconhecida

domingo, 31 de janeiro de 2016

Terra Mulher


A mulher antiga era reverenciada e admirada pelos seus quadris largos e corpo robusto, pois, se assim fosse, seria considerada uma mulher mais fértil.

A Mãe Terra era celebrada em todos os seus ciclos e todos tinham um profundo sentimento de agradecimento pelo seu ventre fértil que gerava comida para todos.

Assim, a Terra e a Mulher eram sagradamente consideradas como as que davam a luz para uma nova vida. 

Seja a mulher com um filho, ou a terra com o alimento, as duas se sentiam muito próximas, pois sabiam e entendiam o prazer de parir.

Elas cantavam, a mulher com sua voz, e a terra com seus pássaros.

Elas dançavam, a mulher com suas ancas, e a terra com o seu vento nas árvores.

Elas se perfumavam, a mulher com sua essência natural, e a terra com suas flores.

Elas viviam alegremente, festejando e honrando cada momento juntas.

Se te recordares desse tempo, sentirás o quanto eras feliz. Sentirás o poder do conhecimento.

 Sentirás tua sabedoria ancestral, tua intuição e criatividade que foram perdidas por séculos de rejeição pela tua própria identidade.

Ama-te, mulher.

 Ama a tua essência. 

Ama o que te trouxe aqui.

Ama e reconheça o Ser Total que és.

Retoma esse contato com a tua melhor amiga, esse contato que te impuseram a esconder, renegar, maltratar, alegando que era errado, insensato, ruim, incapaz.

Não deixes que ninguém decida o que é melhor para ti. 

Tudo está aí dentro, basta conectar.

Entrega-te novamente àquele prazer sem rótulos, àquele prazer de estar simplesmente nua.

Oração à Grande Mãe




"Eu sou a Deusa, eu sou a Bruxa


Eu sou aquela que ilumina e protege


O poder da Grande Mãe está dentro de mim.


Que a Grande Mãe

A Senhora do Norte


Encha de frutos a árvore da minha vida.


Grande Deusa que habita dentro de mim


Santifica cada palavra minha e cada ato meu


Afasta cada sombra de minha vida


Ilumina todas as minhas estações


Torna-me forte na dor


Torna-me bela no amor.


Que teu nome e teu poder


Sejam o meu nome e o meu poder.


Assim sempre foi, assim sempre será." 

sábado, 30 de janeiro de 2016

Valores que modelam e sustentam os Círculos Femininos



Respeitar a diversidade humana e natural;

Preservar a Terra e o meio ambiente;

Confiar na criatividade e sabedoria inatas;

Empenhar-se em conciliar;

Combater todo ato de violência;

Trocar os julgamentos pela compaixão;

Praticar atos de generosidade e gratidão;

Substituir o consumismo pela simplicidade;

Acreditar na liberdade de expressão individual ( religiosa, ideológica, sexual);

Honrar e auxiliar os idosos;

Agradecer aos líderes espirituais e aos ancestrais;

Reverenciar a Grande Mãe.


 Fonte (escritora Bervely Engel)